Aprendizagem Significativa

Aprendizagem Significativa

Aprendizagem Significativa Rodrigo Claudino Diogo O que ? Teoria desenvolvida por David Ausubel uma teoria cognitiva: Procura explicar o processo de aprendizagem e como o ser humano compreende, transforma, armazena e usa as informaes

uma teoria construcionista: O ser humano aprende a partir daquilo que j sabe Fatores determinantes na A.S. O conhecimento prvio: a varivel que, isoladamente, mais influencia a aprendizagem, pois s podemos aprender a partir daquilo que j sabemos;

A pr-disposio em aprender: o aprendiz tem que manifestar uma disposio para relacionar, de maneira no arbitrria e no literal, sua estrutura cognitiva, os significados que capta dos materiais educativos. Conceitos fundamentais Estrutura cognitiva: Contedo total, organizado e hierarquizado de idias sobre um determinado assunto ou

rea particular de conhecimento est em constante evoluo e modificao Conhecimentos Conhecimentos ncoras (subunsores): presentes na estrutura cognitiva que serviro de apoio para que novos conhecimentos sejam apreendidos Conceitos fundamentais Quando

se diz que ocorreu a A.S.? Quando o novo conhecimento consegue interagir e se ligar aos conhecimentos ncoras de um indivduo, tornando-se parte da estrutura cognitiva do indivduo, modificando essa estrutura e tornando os conhecimentos ncoras mais elaborados e estveis. E se essa ligao no ocorre?

Tm-se a aprendizagem mecnica (ou automtica) Conceitos fundamentais Organizadores Estratgia prvios: utilizada para facilitar a aprendizagem significativa Materiais introdutrios utilizados para superar o vo cognitivo entre o que o indivduo sabe e

o que o indivduo deve aprender Funcionam como pontes cognitivas Mapas conceituais Mapas conceituais so representaes grficas semelhantes a diagramas e fluxogramas, que indicam como determinados conceitos se relacionam So utilizados para representar a estrutura conceitual (cognitiva) de um indivduo sobre um dado assunto em um determinado instante Podem ser utilizados como auxiliares no processo de A.S.

Mapas conceituais - exemplo Tipos de A.S. Aprendizagem representacional Ocorre quando o indivduo estabelece equivalncia de significados entre os smbolos e seus correspondentes (objetos, exemplos, conceitos)

Aprendizagem Aprendizagem proposicional de uma proposio significativa Pode ser: subordinativa derivativa, subordinativa correlativa, superordenada ou combinatria Tipos de A.S. Aprendizagem Formao

de conceitos de conceitos: prprio de crianas; se d por descobertas proporcionadas pela experincia; Assimilao de conceitos: ocorre a partir de 7-8 anos; capacidade de aprender sem a necessidade de experincias empricoconcretas Como favorecer a A.S. Por meio de um material instrucional que seja potencialmente significativo: Deve

levar em conta a estrutura cognitiva do indivduo; Deve ser organizado de acordo com os seguintes princpios: diferenciao progressiva e reconciliao integrativa Como favorecer a A.S. Diferenciao progressiva As idias mais gerais e inclusivas devem ser

apresentadas em primeiro lugar Em seguida deve-se buscar o detalhamento dessas idias Reconciliao Estimular integrativa a percepo das semelhanas e diferenas entre as idias mais especficas (diferenciadas) na busca de uma idia mais abrangente que as englobe. Diferenciao Progressiva e Reconciliao Integrativa

Conceitos mais gerais Conceitos intermedirios Conceitos mais especficos, menos inclusivos Meios de Ensino e de Aprendizagem No existe relao direta entre metodologia de ensino/aprendizagem e A.S.: Ensino e aprendizagem por descoberta: cabe ao aluno induzir, descobrir os conceitos e princpios,

que no esto explcitos. O exemplo mximo o trabalho do cientista; Resoluo de problemas: forma de se propor a aprendizagem por descoberta; Aula expositiva: se devidamente planejada pode levar A.S. Consideraes finais A teoria da aprendizagem significativa oferece um norte para a organizao curricular e para o planejamento das atividades escolares A teoria da aprendizagem significativa

destaca a importncia de se conhecer os conhecimentos prvios dos alunos e no ignor-los, como de costume Obras consultadas BARALDI, Ivete Maria. Matemtica na escola: que cincia essa?. Bauru: EDUSC, 1999 (Cadernos de Divulgao Cultural; 66). MOREIRA, M.A., BUCHWEITZ, B. Mapas conceituais:

instrumentos didticos, de avaliao e de anlise de currculo. So Paulo: Moraes, 1987. PELIZZARI, Adriana, KRIEGL, Maria de Lurdes et al. Teoria da Aprendizagem Significativa Segundo Ausubel. Revista PEC, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 37-42, jul.2001-jul. 2002.

Recently Viewed Presentations

  • Bully Prevention Project Team Prevention/Intervention Department Student Support

    Bully Prevention Project Team Prevention/Intervention Department Student Support

    Bullying is any ongoing physical or Verbal mistreatment where there is: an imbalance of power and the victim (target) is exposed repeatedly to negative actions on the part of one or more other students. (Loweu 1986, 1991 and 1993) The...
  • What Can I Do? Strategies for Encouraging Reciprocal ...

    What Can I Do? Strategies for Encouraging Reciprocal ...

    TRUE Reciprocal Conversation. Joint attention. Mutual topic with central coherence (ability to derive overall meaning from a mass of details) An unspoken "agreement" on the topic with flexibility around novel ideas
  • Distributed Aircraft Maintenance Environment

    Distributed Aircraft Maintenance Environment

    Grid-based on-line aeroengine diagnostics Jim Austin, University of York Aims To build a distributed, Grid based, diagnostic maintenance system To prove the technology on a Rolls Royce Aeroengine diagnostic maintenance problem Demonstrate the process of building a Grid based system...
  • Information Infrastructure - University of Oklahoma

    Information Infrastructure - University of Oklahoma

    Information Infrastructure MIS 3363/MIS 5973 A. B. Schwarzkopf 325-5703 [email protected] Infrastructure The Hardware & Operating Systems Network & Application Software Management That support information systems.
  • God's Mercy

    God's Mercy

    "God's mercy is his tenderhearted, loving compassion for his people. It is his tenderness of heart toward the needy. If grace contemplates humans as sinful, guilty, and condemned, mercy sees them as miserable and needy." - Millard Erickson2
  • Lesson 3.1 Solving Two-Step Equations

    Lesson 3.1 Solving Two-Step Equations

    factor tree. What is a factor tree? A diagram showing all the prime factors of a number. How do you write the prime factorization of numbers? You will use a factor tree to help you. Start with two factors of...
  • Introduction to Use Case Maps - TT

    Introduction to Use Case Maps - TT

    Table of Contents Requirements & Software Engineering Issues Introduction to Use Case Maps UCM Usage Requirements Capture Architectural Evaluation Transformations to Designs and Tests Requirements Engineering Issues Early focus on low-level abstractions Requirements and high-level decisions buried in the details...
  • „PowerPoint" pateiktis

    „PowerPoint" pateiktis

    Golder v. UK judgmentof 21/02/1975) Violation of Art. 6 § 1 (NO . effective access . to a court/NO right to institute judicial proceedings without legal aid). The refusal by the Home Secretary to let him contact a solicitor impeded...