"A gente não se liberta de um hábito atirando-o pela janela ...

"A gente não se liberta de um hábito atirando-o pela janela ...

Programa de Controle de Tabagismo SMS RJ Sabrina Presman / Ana Helena Rissin [email protected] A mais longa caminhada s possvel passo a

passo. [email protected] Programa de Controle Ambiente Livre de Fumo Preveno Tratamento

[email protected] [email protected] A gente no se liberta de um hbito atirando-o pela janela: preciso faz-lo descer a escada, degrau por degrau

Mark Twain [email protected] 3/4 dos fumantes iniciaram consumo entre 14 e 17 anos 90% dos fumantes iniciaram consumo antes dos 19 anos 1/3 1/2 dos adolescentes que experimentaram cigarro se tornaram fumantes regulares

[email protected] [email protected] [email protected] [email protected] Uma vida deixada para trs...

Quando no estas aqui... Sinto falta de mim mesmo... Renato Russo [email protected] Luto [email protected]

Primeiros passos.. [email protected] Tabagismo como dependncia Fsico Psicolgico

Comportamental [email protected] Estabelecendo a dependncia fsica Sndrome de Abstinncia Fissura Sintomas de Sndrome de abstinncia ansiedade, inquietao, irritabilidade , dificuldade de

concentrao, alteraes no sono, aumento de apetite, tristeza, constipao [email protected] Dependncia psicolgica Deixando de fumar privaria o

espetculo de seu interesse, a comida de seu sabor, o trabalho matinal de sua vivacidade e frescor. A vida se tornaria empobrecida Para deixar de fumar seria necessrio reduzir o cigarro a no mais do que ele mesmo: uma erva que se queima Jean Paul Sartre

[email protected] FUNES PSICOLGICAS ATRIBUDAS AO CIGARRO Lidar com situaes de estresse Lidar com sentimentos de uma forma geral (afetos positivos e negativos) Companheiro Preencher vazios internos / dificuldades camufladas

Facilitar interaes sociais Estimulao para o cotidiano [email protected] Dependncia Comportamental Associaes Automticas: aps as refeies atividades intelectuais

aps cafezinho ao beber ao dirigir para ir ao banheiro [email protected] Critrios da Portaria MS n 1.035/04 Unidade integrante do SUS em qualquer nvel

hierrquico; Livre da Poluio Tabagstica Ambiental (no ser permitido fumar); Equipe com no mnimo 1 profissional de sade de nvel superior, ( medico ou enfermeiro) capacitado pelo Programa de Tabagismo; Possuir locais para atendimento individual e em grupo; Garantir equipamentos e recursos para avaliao clnica; Contar com suporte local ou de referncia para exames

complementares. [email protected] PROGRAMA CONSISTE EM: Paciente fumante Avaliao

plano de tratamento Tratamento grupo u

l F g xo m ra

individual a medicamento no medicamento reposio de nicotina:

-adesivo/ goma Bupropiona acompanhamento: - mensal em grupo - mensal individual - contato telefnico [email protected] -carta/visita domiciliar

Consideraes iniciais Setting OMS : tabagismo doena crnica transmissvel O ambiente deve encorajar a cessao Aliana Teraputica Limites e tica

Recaida: Confiana Vergonha Re -motiva-lo [email protected] Consideraes iniciais Equipe Multidisciplinar

Interveno breve Postura do Terapeuta [email protected] Estrutura Avaliao Fase de obteno de abstinncia

Fase de manuteno [email protected] Interveno Intensiva: x Individual

Grupo (Rice 1994), (Garcia 1989) (Jorenby 1995) ( Smith 2001) (Camarelles 2002) [email protected] Individual Maior ateno s singularidades e dificuldades

do paciente Comorbidades psiquitricas Dficits cognitivos ou de memria caractersticas de personalidade especficas ou populaes especiais no desejam estar em grupo [email protected]

Grupo Sesses mais estruturadas Suporte Social Habilidade para lidar com grupos Tomar cuidado com parentes e amigos

[email protected] Cuidado com o grupo... Ns temos uma regra geral em que cada caso ser tratado de forma diferente [email protected]

Primeiros passos.. Obteno de abstinncia [email protected] Crenas sobre o tratamento A dor inevitvel mas o sofrimento e opcional Brbara Johnson

[email protected] O paciente deve ter conscincia da sua relao com o cigarro Conscincia como vescula: a gente s se preocupa com ela quando di Stainslaw Ponte Preta

[email protected] Tipos de dependncia: Fsica Psicolgica Comportamental Conhecimento algo que voc pode usar. Crena e algo que usa voc. Idries Sash

[email protected] Dependncia Comportamental Primeiro fazemos nossos hbitos, depois nossos hbitos nos fazem. Jonh Dryden

[email protected] Dependncia Psicolgica Acreditar que fazemos alguma coisa quando no fazemos nada a iluso do cigarro Ralph Waldo Emerson [email protected]

Expectativa tudo!! As coisas nunca so to boas como esperamos, nem to ruins quanto tememos Eu sofri por muitas catstrofes em minha vida, a maioria no aconteceu Mark Tawin

[email protected] Estratgias: Quais as crenas em relao ao parar de fumar? Avaliar tentativas anteriores Aumentar a auto eficcia para enfrentar situao de risco Conhecimento o antdoto do medo

Ralph Waldo Emerson [email protected] Como ajudar o paciente a tomar a deciso?? Nunca adie para amanha o que voc pode evitar completamente [email protected]

Mudana Prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter sempre aquela velha opinio formada sobre tudo Raul Seixas [email protected]

Auto eficcia O homem vale tanto quanto o valor que diz a si prprio. Franois Rabelais [email protected] Aprendendo a controlar mais fcil mandar em algum do que em

nos mesmos. Aprender que fissura breve e que eles so capazes de controla-la. [email protected] Um homem com um relgio sabe que horas so, um homem com dois relgios nunca tem certeza...

[email protected] O tempo de cada paciente O certo no priorizar o que esta em sua agenda, mas agendar a sua prioridade

[email protected] Estratgias Ajudar o paciente a programar a sua parada de forma objetiva. Fazer exerccios prticos para aumentar a confiana Trabalhar a importncia O conhecimento e um tesouro, mas a

pratica e a chave para ele Thomas Fuller [email protected] Luto [email protected] Uma vida deixada para trs... Quando no estas aqui... Sinto falta

de mim mesmo... Renato Russo [email protected] Momento de reavaliar A regra nmero 1 para evitar o estresse no se preocupar com ninharias. J pela regra nmero 2 tudo ninharia

Robert Elliot - Cardiologista Busca de prazeres !!! [email protected] Identidade [email protected] Empatia e Confiana

[email protected] Terapeuta: cuidado!!! Rtulos so para latas, no para pessoas Anthony Rapp [email protected]

[email protected]

Recently Viewed Presentations

  • PowerPoint Presentation

    PowerPoint Presentation

    Bud, Not Buddy. Fictional Story: Ten-year-old Bud is a run-away orphan on a mission. His mother never told him who his father was, but she left Bud some clues before he died. Some of those clues included posters of jazz...
  • The Giver Review - Quia

    The Giver Review - Quia

    The Giver Review 1. Which character is the protagonist? Lily The Giver Jonas Asher Answer is C What/Who is the antagonist? Asher The Giver The community Lily Answer is C Jonas vs. the memories is an example of what type...
  • DI HELLO EVERYONE!! DIGITAL RESOURCES CURRICULUM & INSTRUCTION

    DI HELLO EVERYONE!! DIGITAL RESOURCES CURRICULUM & INSTRUCTION

    Under cisd staff resources. Aesop . https:// www.aesoponline.com. Employee absence management system. Contact: Taylor Contreras ***The Employee is instructed to enter their own absence into Aesop.
  • Age of Ideologies III - CalvaryABQ.org

    Age of Ideologies III - CalvaryABQ.org

    Age of Ideologies III Fundamentalism, Ecumenism, Mass Evangelism, and Mega Churches R. A. Torrey Born 1856 in Hoboken New Jersey into a fairly well off family Grew up in a Christian home w/ Christian customs, but he didn't become a...
  • The t Tests - University of New Mexico

    The t Tests - University of New Mexico

    The difference is the same Group Practice Final Exam Study Guide will be posted this afternoon Homework answers will be posted Thursday afternoon Make sure that you can calculate following One sample t-test Paired samples t-test Independent samples t-test Make...
  • Severe Weather and Storms

    Severe Weather and Storms

    Hurricanes last longer than other storms, usually a week or more. After a hurricane passes over land, it no longer has warm, moist air to draw energy from so it loses strength. A storm surge is a "dome" of water...
  • Ecology Chapter 7 - Houston County High School

    Ecology Chapter 7 - Houston County High School

    Ecology Chapter 7 Aquatic Ecosystems Threats to Oceans Steadily becoming polluted Most pollution come from activities on land due to runoff Over-fishing and certain fishing methods also destroying fish populations Nets can drown or strangle animals that must return to...
  • Welcome to the University of Cincinnatis Women in

    Welcome to the University of Cincinnatis Women in

    % Faculty Satisfied or Very Satisfied Non-TT Women Advice for career_x000d_planning Annual performance_x000d_reviews that_x000d_help career_x000d_advancement Balancing_x000d_responsibilities_x000d_at work and home Peer_x000d_support Quality of_x000d_supervision_x000d_from head_x000d_or chair